promoção de HQ na Amazon

Padrão

Aparentemente, como uma escritora inscrita na Amazon, eu também faço parte do clube de associados deles…  Deve ser isso porque eu não me lembro de ter me inscrito em nada parecido (e se me inscrevi, não fazia a menor ideia o que era…). Comecei a receber alguns e-mails com alguns cupons de descontos para divulgar há pouco tempo e decidi então compartilhar. Sim, eu ganho comissão de venda.

Centavos, literalmente. Menos de 99 centavos…

Mas já deve ser alguma coisa…

Publicidade na era do AdBlcok…

Então usem os links que estão aqui para comprar! Se tiverem vírus, não fui eu quem coloquei!


Hoje é a sua oportunidade de ganhar com a Editora Panini: Na compra de 4 livros, o mais barato é grátis. Promova a página da promoção e aumente as suas vendas.

 

Validade Promoção: 02/08/2017 às 00:00 até 09/08/2017 às 23:59

Para acessar, clique aqui ou na imagem abaixo

Anúncios

Resenha: Condenada a ser Cannon Fodder, por Whistling Night Rain (Doomed to be Cannon Fodder)

Padrão

Título: Condenada a ser Cannon Fodder (放开那个女巫 na língua original, Doomed to be Cannon Fodder em inglês)

Autor: Whistling Night Rain (潇潇夜雨)

Língua lida: Inglês, está sendo traduzido pela Volarenovels nesse link

Tem em português: não tem, adoraria que traduzissem

Sinopse em português traduzido por mim:

Ela de alguma forma acabou transmigrando para dentro de um livro como a personagem feminina de apoio, que foi espancada até a morte! Apaixonada pelo protagonista, ela estaria destinada a ser espancada em uma massa sanguinolenta antes mesmo de se dormir com ele?!

Parte por parte, ela precisa sobreviver e conseguir se agarrar em alguém que a proteja. Mas o protagonista secundário é um verdadeiro cavalheiro e não sente nada por seu corpo deslumbrante e sedutor. Tudo bem! Ela vai se prender na sogra ou no protagonista então!

Mas por que o protagonista secundário a olha com olhos cada vez mais estranhos? E o que é aquele Chefe da Aliança Wulin com o transtorno da personalidade? Você é apenas uma espectadora aleatória, para o que você está se envolvendo?

Finalmente, o protagonista não aguentou mais e a arrastou para a mansão do Príncipe Li …

Finalmente, o protagonista não aguentou mais e a arrastou para a mansão do Príncipe Li …

Se lê em inglês e quer algo fofo é diferente, você tem que ler esse livro! É o meu favorito na atualidade.

Para começar, o que é um Cannon Fodder? Você já deve ter assistido algum filme de super herói, então deve saber que sempre tem uma luta do herói contra umas 100 pessoas ao mesmo tempo. Todas essas 100 pessoas são facilmente derrotadas com um peteleco do herói, para mostrar o quão forte ele é. Um Cannon Fodder é um desses personagens que nasceram para levarem um peteleco do protagonista e serem derrotados. Um personagem descartável que serve para enaltecer os protagonistas.

A protagonista, Bai Xiangxiu, é uma Cannon Fodder!

Mas como isso aconteceu?

É uma história dentro de uma história. Ela, um dia lia um romance de época sobre uma garota que foge do casamento com um general que ganhou o título de príncipe. Ao longo da história, vários homens se apaixonam por ela, mas ela se apaixona pelo príncipe, que tem várias mulheres apaixonadas por ele. Os apaixonados por ela a protegem, as apaixonadas por ele fazem várias intrigas para acabar com a vida dela. A leitora tinha acabado de ler sobre o que aconteceu com a concubina Bai Xiangxiu, que foi espancada até a morte a mando do príncipe depois de tetar prejudicar a protagonista. Foi uma cena bem gráfica.

Então  a leitora espeta o dedo em um cacto e vai parar no corpo de Bai Xiangxiu antes da história do livro começar.

A história é basicamente Bai Xiangxiu tentando não ter um fim tão trágico. Se ir contra a protagonista significa ser espancada e morta, então ela vai ser o mais a favor dela possível. Se o príncipe foi feito para a protagonista e não vai querer se sujar com nenhuma outra mulher antes de ficar com ela, Bai Xiangxiu não vai querer nem ficar perto dele. Se tem vários personagens masculinos secundários boa gente que não vão terminar com a protagonista, então ela vai tentar ficar com um deles. Se nada der certo, ela vai tentar viver a vida dela em paz e longe de qualquer coisa que seja um risco de vida.

A lembrança de como sua personagem morreu gerou um verdadeiro pavor em Bai Xiangxiu. Ela passa mal só de estar perto de qualquer coisa que lembre violência e, é claro, de ficar perto do príncipe.

Então para evitar esse destino, ela se passa pela mulher mais generosa, trabalhadora, comportada, obediente e recatada do mundo. Tenta ficar o mais longe do príncipe e ser o menos sedutora possível. Faz o impossível para vangloriar a protagonista e tenta ficar sempre do lado de sua sogra (para quem não entendeu, Bai Xiangxiu é a concubina do príncipe, então a mãe dele é considerada como sogra dela). E só para garantir, dá de cima do melhor amigo dele, que é um daqueles personagens que se apaixonaram pela protagonista. Isso com descrição, é claro, para não ser pega e assassinada por trair o seu marido.

Claro que o plano de Bai Xiangxiu tem o efeito contrário. Se ela queria ser discreta e ficar invisível para a violência dos outros, ela sempre se torna o centro das atenções. Todos acabam gostando dela, vira quase que uma deusa na opinião deles. A protagonista também não ajuda em nada, você vai odiar ela. É uma típica personagem mimada, mas que todos acham bonitinho. Ao longo da história, Bai Xiangxiu vai apresentando um pouco do enredo do livro original, e você percebe que ela atrapalhou a vida de todos que encontrava. O príncipe perdeu quase tudo o que conquistou (fama, dinheiro, amigos) por causa das atitudes dela. Sabe aquela pessoa que arrasta os outros para o fundo do poço e aqueles que são arrastados aceitam isso porque amam ela incondicionalmente? Não é à toa que sempre perde quando é comparada com a Bai Xiangxiu.

Só que Bai Xiangxiu não é a protagonista, ela é uma Cannon Fodder! Sua natureza é ser descartável, ser derrotada por um simples peteleco!

O príncipe se apaixona por ela, mas ela não é a protagonista. A narrativa impõe que ele deve se manter puro e virginal para a sua amada destinada, que não é a Bai Xiangxiu. Ela também morre de medo dele. Assim, o universo conspira para que eles não permaneçam juntos, nem para que ele encoste um dedo nela. O nível da separação é esse: se ambos estão no mesmo comodo, está destinado para que alguém bata na porta. Se tenta dar um beijo nela, uma briga por perto começará. Se tentar consumar o casamento, Bai Xiangxiu vai tropeçar, bater a cabeça e ficar em coma.

Sabe aquela vulnerabilidade a petelecos? Ela se machuca só de respirar, e esse é um dos pontos altos da história, as maneiras criativas dela conseguir se ferir. Não há capítulo que Bai Xiangxiu não seja machucada ou esteja se recuperando de um. O príncipe sempre fica impressionado com essa capacidade dela

Apesar do enredo “mulher moderna transmigra para a antiguidade” ser comum nos livros chineses, eu gostei em como foi feito nesse. Geralmente é uma personagem incrível, mas Bai Xiangxiu é alguém normal, que trabalha numa floricultura e só entende disso. A autora conseguiu fazer com que mesmo que fosse normal, Bai Xiangxiu conseguisse ser uma personagem incrível só com sua sensibilidade moderna. Ela considera todos como iguais, é moderada, alfabetizada e entende das nuances do seu comércio, e é isso o que a faz se destacar.

Essa defesa de Bai Xiangxiu às vezes me incomoda, já que ela sempre age não como deseja, mas como seria melhor para sobreviver, e esse ser o charme dela para todos. Quero ver num futuro ela mais sincera, e ver como aqueles ao seu redor vão reagir ao ver como ela realmente é. Não quero que ela termine com o príncipe (a tradução está em andamento no momento que escrevo essa resenha, está na metade da história) sendo quem ela não é. Ela já mostrou a personalidade uma vez, quando estava com sono, e ele reagiu bem, então tenho esperanças.

Resenha: The 100, por Kass Morgan

Padrão

Título: The 100 – os escolhidos
Série: The 100

Autor: Kass Morgan

Língua lida: Inglês, há algum tempo

Tem em português: sim

Link para compra: The 100 (se é que vai querer comprar depois dessa resenha…)

Já li esse livro há algum tempo, mas vi que alguém estava lendo ele no meu feed da Goodreads hoje e decidi fazer essa resenha. Uma resenha de uma das minhas maiores decepções literárias.

Li o livro depois depois de terminar de assistir a primeira temporada da série que foi baseada nele (se não sabe, há uma série de televisão feita baseada nesse livro, que tem o mesmo título). Claro que estava repleta de expectativas! Por experiência própria, sei que isso não é bom, já que por mais bom que seja a história, quando espero muito de um livro, não costumo encontrar algo que vá além do que espero. Esse livro faz isso, só que com um baque maior.

Não é que a história não estava muito acima das minhas expectativas. Estava muito, muito abaixo delas.

Em outras palavras, é ruim.

O enredo é incrível. Num mundo distópico no qual os últimos humanos vivem em uma nave, é decidido que 100 infratores adolescentes devem ir para uma expedição para a terra. Sozinhos em um planeta e abandonados da civilização, temos uma premissa de um Senhor das Moscas adolescente e futurista com múltiplos narradores.

O tom é monótono. Sim, conseguiram fazer isso. A narrativa é curta, sem emoção, entediante e você chega no fim sem ter um clímax. É o clássico caso de bom enredo nas mãos erradas. Por isso mesmo a série não segue à risca a história do livro, no qual abrange cerca de quatro episódios. Há mais uma personagem na história que não é presente no seriado, de uma garota que vive na nave e é bem fútil.

Resumindo, se você gostou da premissa desse livro, assista a série!

Cupons de desconto AMAZON!

Padrão

Aparentemente, como uma escritora inscrita na Amazon, eu também faço parte do clube de associados deles…  Deve ser isso porque eu não me lembro de ter me inscrito em nada parecido (e se me inscrevi, não fazia a menor ideia o que era…). Comecei a receber alguns e-mails com alguns cupons de descontos para divulgar há pouco tempo e decidi então compartilhar. Sim, eu ganho comissão de venda.

Centavos, literalmente. Menos de 99 centavos…

Mas já deve ser alguma coisa…

Publicidade na era do AdBlcok…

Então usem os links que estão aqui para comprar! Se tiverem vírus, não fui eu quem coloquei!


Hoje é a sua oportunidade de ganhar com a Editora Panini: Na compra de 4 livros, o mais barato é grátis. Promova a página da promoção e aumente as suas vendas.

Ainda terá Oferta Relâmpago da Editora Panini: descontos até 70% off

Validade Oferta Relâmpago: 02/08/2017 às 00:00 até 23:59

Validade Promoção: 02/08/2017 às 00:00 até 09/08/2017 às 23:59

Para acessar, clique aqui ou na imagem abaixo

Feira do Livro na Amazon

Padrão

Caso você seja um ser do futuro, entre vá na página inicial do blog e veja os posts mais novos!

Aparentemente, como uma escritora inscrita na Amazon, eu também faço parte do clube de associados deles…  Deve ser isso porque eu não me lembro de ter me inscrito em nada parecido (e se me inscrevi, não fazia a menor ideia o que era…). Comecei a receber alguns e-mails com alguns cupons de descontos para divulgar há pouco tempo e decidi então compartilhar. Sim, eu ganho comissão de venda!

Centavos, literalmente. Menos de 99 centavos…

Mas já deve ser alguma coisa… Publicidade na era do AdBlcok…

Então usem os links que estão aqui para comprar!

Se tiverem vírus, não fui eu quem coloquei!


Hoje começa a Feira do Livro: compre 2 livros da seleção por apenas R$29.

Validade da promoção: 21/07/2017 às 00:00 até 28/07/2017 às 23:59

Para acessar, entre nesse link ou clique na imagem abaixo:

Resenha: Liberte Aquela Bruxa, por Er Mu

Padrão

Título: Liberte Aquela Bruxa (放开那个女巫 na língua original, Release that Witch
em inglês)

Autor:

Er Mu

Língua lida: Inglês. Primeiramente traduzida pela Volarenovels nesse link , depois continuada pela Qidian Internacional nesse link

Tem em português: sim, está sendo traduzido por 3Lobos nesse link

Sinopse do site do tradutor:

Cheng Yan viajou através do tempo para acabar em um período histórico como a Europa medieval, tornando-se Roland, um Príncipe Real. Mas este mundo não parece ser o mesmo que ele conhecera.

Bruxas são reais e elas podem lançar magias?

Acompanhe a batalha de Roland pelo trono contra seus próprios irmãos! Será que ele ascenderá ao trono, mesmo que seu próprio pai, o rei, tenha dito que ele era um caso perdido e o fez começar na pior situação possível? Somente com sua experiência com a tecnologia moderna e com a ajuda das bruxas, as quais propositalmente são conhecidas como servas do diabo e caçadas pela inquisição da Santa Igreja, é que ele poderá suceder!

Que a jornada de Roland comece!

Não sei porque decidi começar as minhas resenhas de livros chineses (nesse caso uma webnovel) com esse… Principalmente quando a primeira coisa que tenho a falar é que esse livro está com um problema sério de atualização. Para quem não sabe, é comum que livros chineses tenham mais de mil capítulos que são lançados um a um, e esse título faz parte da regra. Deste modo, a tradução para o inglês/português também ocorre desse modo, capítulo a capítulo. Conduto, já faz algum tempo que a tradução empacou no trezentos e poucos capítulos. Isso por causa do drama da Qidian.
O drama da Qidian, pelo que entendi: Qidian é uma editora, uma das muitas que autoriza a tradução amadora das suas obras, desde que não sejam vendidas. Só que tradutores costumam receber incentivos financeiros de leitores para liberarem novos capítulos mais cedo, além de faturarem com publicidade nos seus sites. Assim, o livro é de graça para quem quer ler, mas o leitor também pode pagar se quiser. A Qidian decidiu um dia entrar no mercado da língua inglesa e para pegar suas títulos de sucesso de volta, decidiu abrir um processo contra um tradutor por causa dessas doações, que não faziam parte do contrato. O resultado foi que quase todos aqueles que traduziam os livros dessa editora abandonaram os seus projetos. Algum tempo depois, a Qidian criou um site em inglês e comprou algumas traduções de fans e começou a traduzir novas obras.

(Retificação em 20/08/2017: o drama já foi resolvido. Colocaram o restante dos capítulos patrocinados no site da Volarenovels, e logo em seguida a Qidian começou a traduzir a partir de onde parou. Estou também colocando o link do site da Qidian Internacional na descrição. E ainda, um tradutor decidiu continuar a tradução não oficialmente, mas boa parte dos leitores consideram que a tradução dele é melhor do que a da Qidian Internacional. Não vou colocar o link para essa tradução por não a considerar oficial, mas você acha os links com facilidade na Novelupdate)
Liberte Aquela Bruxa não está ainda nesse site em inglês, mas a tradução está quase parada, com poucas atualizações. O site da atual tradução fez um anúncio sobre o destino de todas as obras da Qidian que estavam com eles, mas dessa não fez. Só que há rumores de que estão negociando a obra.
Mas vale a pena ler Liberte Aquela Bruxa mesmo com esse problema.

Veja a capa do livro, veja o título, veja a sinopse. Você deve imaginar que é uma história cheia de batalhas, de lutas e de sangue para todos os lados. Que o protagonista, Roland vai virar um guerreiro sanguinário. Tem lutas, tem sangue, mas Roland não consegue dar nem um soco. Aliás, aqueles que decidirem ler vão perceber que as lutas duram dois capítulos. E não são dois capítulos de uma luta, depois dois capítulos de outra, e mais dois de mais uma… São dois capítulos de luta, então trinta capítulos de preparação para a próxima luta.

Liberte Aquela Bruxa é sobre revolução tecnológica, e é isso o que faz essa obra se destacar!

Um engenheiro nerd acorda no corpo do príncipe Roland, que foi enviado por seu pai para governar a Vila Fronteiriça e era um imbecil inútil. Cada um dos seus irmãos foram enviados para um local para que provassem quem merecia ser o futuro rei, mas como ninguém esperava nada dele, ele foi enviado para uma cidade pequena. O mundo que ele vive era como a Idade Média, inclusive com caça às bruxas, que para as pessoas eram como as servas do demônio. E existem sim demônios na história, bestas demoníacas que matam pessoas, uma igreja que quer matar as bruxas para expulsar o demônio do mundo matando bruxas, mas que tem uma motivação oculta.

Caso você seja um cristão fanático religioso que não conseguiria ver a igreja católica na Idade Média como inspiração para vilões, não aconselho você a ler essa obra. Não aparece nada sobre Jesus Cristo em Liberte Aquela Bruxa, mas fanáticos religiosos são fanáticos religiosos, fazer o que?

Então ele decide usar sua percepção como homem da ciência e melhorar a vida das pessoas. Roland não acredita que o demônio toma o corpo de mulheres para que elas se tornem suas servas, então decide estudar como funciona uma bruxa. Vê que há matéria prima e demanda, então cria tecnologia para o seu povo. Percebe como é feita a divisão de classes e decide adotar formas modernas de administração (China, comunismo, eu seu no que você está pensando… Pelo menos até o momento da história que foi traduzida, eu não vejo como uma propaganda socialista, e sim  antimonárquica, mas antimonárquica. Algo como todos são iguais perante as leis, mas vamos ganhar mais dinheiro e fazer as pessoas gastarem mais).

Quando acorda no seu novo corpo, Roland logo descobre que uma bruxa iria ser executada, a Anna. Claro que ele impede sua execução, e vai interrogar o que aconteceu. História triste: Anna matou um homem que tentou matar o seu pai e ela quando a mina na qual ele trabalhava desaba, mas o pai decidiu vender a identidade dela para a igreja por ter ficado com sequelas do acidente. E é até para ajudar seu pai que ela “aceita” a execução. Vendo que ela não era uma psicopata e a utilidade da magia do fogo de Anna, ele decide liberar ela e a colocar para fazer cimento. É, cimento.

Não gosto da Anna como personagem. Espero uma evolução dela nesse quesito, mas até agora ela se apresentou como uma Mary Sue. Foi feita para ser boazinha demais, forte demais, devotada demais, ela existe para ser o par adequado para todas as criações de Roland (sim, tem um dedo dela em quase todas as tecnologias que ele cria). E é por isso que não gosto da parte romântica dessa história.

Usando seus conhecimentos modernos, Roland vai criando bens que atendem as necessidades dos moradores. Como no inverno a cidade é atacada por bestas demoníacas, ele cria o cimento para a construção de muros e casas resistentes, pólvora e armas de fogo para matar os animais. Como trabalhar na mina é perigoso, ele cria um motor. Como as pessoas comem com a mão, ele pede para cortarem a comida pequena e inventa os palitinhos.

O protagonista faz tudo isso com o que sabe, tem disponível e também com a ajuda das bruxas. Com os poderes que cada uma tem, ele as emprega em etapas da sua produção, o que é outra particularidade da história. Sabe aquela sua ideia sobre a história, que as bruxas vão lutar com ele pelo trono? As bruxas vão estar é na linha de produção por boa parte dessa história, só uma ou outra vez num confronto direto. Isso devido a duas coisas:

  1. Nem todas as bruxas tem poderes que servem para lutar. Boa parte das bruxas que vão se aliar com Roland na história são até discriminadas nos seus grupos por serem consideradas inúteis.
  2. Na história existe uma kriptonita contra as bruxas, uma pedra que faz com que elas não consigam usar seus poderes, e que quase todos tem.

Uma das lutas dele é para fazer com que as bruxas sejam aceitas pela sociedade. Porém, isso também é uma forma de ganhar força para lutar pelo trono. Lembre-se: lutas de dois capítulos sempre!

Apesar de não conhecer nada da engenharia, acho que as vezes o autor exagera nos conhecimentos dele. Roland em um momento da história vai apresentar conhecimentos sobre didática, administração, táticas de guerras. Isso não é tão errado assim numa ficção, mas tem seus pontos negativos é colocar um engenheiro de forma realista num mundo análogo a idade média, que é o que a história propõe.

Falando em romance, tenho outra queixa com relação a rival de Anna, Rouxinol. Para mim isso não é um spoiler já que os lugares das duas está claro desde o início, mas senti que a personagem dela que eu gostava a princípio vem sendo diminuída para aumentar Anna. Mas como e uma obra chinesa e haréns são comuns por lá… só espero que não!

Ainda a bajulação com todos fazem com Roland e suas invenções são repetitivas e cansativas. Sei que é para atrair um público, de homens nerds com complexo de inferioridade. Mas por eu não ser um homem, isso não me atraí.

Cupons de desconto AMAZON!

Padrão

Caso você seja um ser do futuro, entre vá na página inicial do blog e veja os posts mais novos!

Gente, ganhei alguns cupons de desconto para livros na AMAZON na AmazonDay para dar para vocês!

Aparentemente, como uma escritora inscrita na Amazon, eu também faço parte do clube de associados deles…  Deve ser isso porque eu não me lembro de ter me inscrito em nada parecido (e se me inscrevi, não fazia a menor ideia o que era…). Comecei a receber alguns e-mails com alguns cupons de descontos para divulgar há pouco tempo e decidi então compartilhar. Sim, eu ganho comissão de venda.

Centavos, literalmente. Menos de 99 centavos…

Mas já deve ser alguma coisa…

Publicidade na era do AdBlcok…

Então usem os links que estão aqui para comprar! Se tiverem vírus, não fui eu quem coloquei!

 

Deem uma olhada para ver se o livro que você quer ler está incluso na lista de ofertas! Para acessar os descontos, basta clicar nos links dos cupons!

O Amazon Day está quase começando! Serão 30 horas de Ofertas com FRETE GRÁTIS para todo o Brasil em toda a loja, a partir das 18:00 de 10/07/2017 até às 23:59 de 11/07/2017. Seguem todos os detalhes para você divulgar e ganhar mais: 30h de Ofertas e Frete grátis cupom clicando na imagem ou pelo Link



cupom amazon day pelo Link


R$100 off em Kindle, Kindle Paperwhite e Kindle Voyage
cupom de desconto em kindle pela imagem ou Link


Livros Importados com desconto progressivo: compre 2 ganhe 10% off, compre 3 ganhe 20% off, compre 4 ou+ ganhe 30% off cupom da promoção pela imagem ou pelo link


3 meses de kindleunlimited de R$39,80 por R$1,99cupom da promoção pela imagem ou pelo Link


Box Harry Potter com 7 Livros – Edição Exclusiva, de J.K. Rowling: de R$249,50 por R$149,90 cupom pela imagem ou pelo link


A Guerra dos Tronos – Edição Ilustrada Exclusiva, de George R. R. Martin: de R$129,00 por R$49,90 cupom pela imagem ou pelo link

Atualização nas resenhas

Padrão

Não, não é nada realmente novo, só uma notificação inútil… Ainda estou esperando pela documentação do novo livro para colocá-lo na pré venda e nem tem novas resenhas. Só dei uma olhada nas resenhas antigas e fiz algumas modificações. Duas:

  1. Verifiquei se alguns livros foram traduzidos para o português e modifiquei o título
  2. Coloquei links para compra

Apesar de ter disponibilizado um livro inteiro de graça, nasci em um país capitalista. A Amazon criou um programa de associados para divulgação de seus produtos, e aparentemente como publico através dela, sou uma. Comecei a receber alguns e-mails com alguns cupons de descontos para divulgar há pouco tempo e decidi então compartilhar. Sim, eu ganho comissão de venda.

Centavos, literalmente. Menos de 99 centavos…

Mas já deve ser alguma coisa…

Publicidade na era do AdBlcok…

E pretendo em breve voltar com novas resenhas, do que estou lendo agora. Acreditem ou não, estou completamente inspirada por livros chineses. Talvez você nunca ouviu falar (eu não sabia), mas esse país tem uma publicação de coisa muito boa em literatura juvenil (YA) e “fantasia”. Digamos que tem “dois gêneros” próprios nessa última área. E o mais legal: tem muita tradução recente, e todas elas são feitas por fãs e com autorização das editoras. Isso significa que é tudo de graça!

Infelizmente, não tem como colocar links da Amazon para elas, já que não tem para vender!