Novidades sobre A encantadora cortesã (ou A corte encantadora)

Para começar, decidi mudar o título para o significado literal da tradução. O livro passará de A corte encantadora para a A encantadora cortesã. O título já estava sendo o meu maior problema na tradução já que:

  1. a protagonista é da baixa nobreza, assim não faz sentido dar algum título maior para ela, já que não iria cair bem se colocar um “dama”. Fidalga ficaria esquisito, e a única palavra que se adequava era “cortesã”, já que signica mulher que frequenta a corte
  2. todo mundo sabe que cortesã significa prostituta, o que não é o caso
  3. colocar um cortesã no título criaria algumas expectativas na história, o que não é o caso. O livro é sobre uma garota que frequenta a corte…

Só que a alternativa de A corte encantadora já não estava satisfazendo as minhas necessidades… Procurava por alternativas, mas nada me satisfazia. Então relendo o livro, vi uma parte na qual Chen Rong era chamada de cortesã encantadora, e decidi colocar esse mesmo!

E qualquer desentendimento, acrescentei só algumas palavras na sinopse que resolveu o probema.

A sinopse da tradutora:

A vida de uma beldade na corte da Dinastia de Jin Ocidental, durante a China Medieval, não era fácil. Desejada pelos homens, desdenha pelas mulheres. O que a aguardava era uma vida na qual seria usada, abusada e humilhada, independentemente da nobreza de seus ancestrais. Cheng Rong foi usada, abusada e humilhada, os sofrimentos de toda uma vida foram tantos que preferiu botar fogo em si mesma do que continuar a existir.

Porém, ela reviveu.

Após sua morte, acordou no seu próprio passado, antes do início de todos os infortúnios que fizeram sua vida se tornar um inferno. Chen Rong ganhou uma segunda chance para viver, e pretendia usá-la para ser feliz. Deixaria as mágoas para o passado e trilharia um caminho diferente. Ela sabia o que aconteceria no futuro, e usaria isso a seu favor.

Mas o mundo achava que uma bela filha de uma concubina vinda do ramo cadente de uma família prestigiada, sem um pai o irmãos para protegê-la, merecia uma vida pacífica? Aqueles eram tempos de guerra e corrupção moral. Conseguiria Chen Rong alcançar a felicidade em sua segunda chance?

E sabem de uma coisa? Essa dualidade de significados tem tudo haver com esse livro. Chen Rong é considerada como uma nobre ou Chen Rong é considerada como só um pouco melhor do que uma prostituta?

Devido a alguns links que disponibilizei com a senha para acessar (que se tiverem interesse de ver mais cedo para depois divulgar, eu passo para quem me mandar um recado), não vou mudar os links até o dia da publicação.

1 (7)

Decidi que vou disponibilizar os 5 primeiros capítulos na sexta-feira que vem. E como já tenho mais 5 capítulos não editado, vou colocá-los na sexta-feira da próxima semana, mas só vou publicar tal quantidade por causa da estreia. Tenham certeza que terá pelo menos um capítulo toda sexta-feira, e se eu conseguir produzir mais, ainda estou decidindo se publicarei os extras nos outros dias da semana ou todos na sexta.

Espero vocês na sexta!

E só por curiosidade, deu um apelido para as duas séries de 5 capítulos:

  1. eu sei o que vocês fizeram na minha vida passada
  2. avisa quem pode, escuta quem quer (ou a família FDP)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s