Arquivo mensal: maio 2017

Crônicas de uma escritora – parte 1

Padrão

Qual é a pior parte de ser um escritor?

( ) Conseguir inspiração

( ) Escrever um livro

( ) Ter de passar por um bloqueio criativo

( ) Revisar o que escreveu

(x) Pagar uma fortuna para imprimir uma versão do livro para enviar para ser registrada na Biblioteca Nacional; pagar uma fortuna no correio só porque vive longe do Rio de Janeiro; pagar ainda mais dinheiro pelo serviço (que é só 20 reais, mas esse valor é ainda mais um gasto!); ter de rubricar todas as páginas!!!

É sério, odeio rubricar. E que preço é esse que os xerox estão cobrando pela impressão! Apesar de ter diminuído a fonte, e essa então ser a menor original que registro, é de longe o livro mais caro que já imprimi!

Primeira novidade

Padrão

Já anunciei que teriam novidades em breve, e agora vou anunciar a primeira.

O segundo livro da série “Um conto de uma fada” está pronto!

Na realidade, já estava terminado há mais de um ano, porém eu tenho o hábito de revisar o que escrevo depois de um tempo. Gosto de terminar de escrever ao, esquecer o trabalho que tive e então julgar. Se eu reviso logo depois que termino, acho que fico enviesada. Tenho dó de fazer grandes cortes e julgo no mesmo embalo que escrevo. No livro “A vilã da história” mesmo eu gostei muito de um título de capítulo, e se eu revisasse depois, deixaria. Só que depois de um tempo percebi que não sei encaixava bem, e tentei colocar em um lugar melhor, para então descobrir que estava ridículo!

Já vou enviar para ser registrado, e esse processo demorará pelo que tive experiencia cerca de 100 dias. Então, daqui há 3 meses teremos a data de publicação do livro.

Mas vou adiantar o título. Originalmente eu planejava que fosse “O príncipe desencantado”, depois passou para “Realeza desencantada” mas decidi trocar. Aqui está o definitivo:

A fada desencantada

Colocarei a sinopse provisória na sessão de livros, que você pode acessar clicando aqui. Também adianto que é um pouquinho maior que o primeiro. Parece que chegaremos às 500 páginas (não sei se é bom ou ruim)!

Também logo vou mudar a capa de “A vilã da história” por uma profissional, mas isso vai estar junto com mais uma novidade. Só vou deixar para vocês a capa que eu estava trabalhando, com o título antigo.

capas.jpg