Arquivo mensal: julho 2016

Resenha: Broken Prince, de Erin Watt

Padrão

Título:Broken Prince (príncipe quebrado, em tradução livre)

Série:The royals

Autor: Erin Watt

Língua em que li: inglês

Link para compra: Broken Prince: A Novel (The Royals Book 2) (English Edition)

29519514

Tem em português: Creio que terá, percebo que essa é a série do momento e uma editora provavelmente traduzirá

Esse livro é para todos que acharam a relação entre Elle e Reed perturbadora e abusiva em Paper princess.

Demorei meio dia para ler esse livro, e metade do tempo, eu me perguntava se queria ou não continuar com a leitura. É uma dessas histórias masoquistas, sabe… Cheias de autossofrimentos.

Sou a campeã mundial de começar a ler uma série e parar, assim deixar esse livro pela metade seria uma possibilidade para mim. Fui até o final e penso em ler o próximo, o que já deve dizer o que achei da história.

Fiquei impressionada com a popularidade de Paper princess, e imagino que sei o motivo disso. Essa série é sobre um daqueles pares românticos dominadores que algumas moças acham atrativos de alguma maneira, daquelas que cheiram a violência doméstica. Porém, nesse caso temos uma protagonista maravilhendosa, Elle, que é forte e decidida e que ninguém conseguirá dobrar.

Ela não foi dobrada nesse, e acho que nem vai ser no próximo.

Um dos diferenciais desse volume é a mudança de narrador, algo que não me lembro de acontecer no anterior, ao menos pelo que me lembro. Começa com a voz de Reed e dura alguns capítulos, depois começam a intercalar. Também temos um Reed mais meloso do que antes, mais depressivo e sem ação, mudança que foi até bem justificada pelo contexto. É como se a autora mostrasse um novo lado dele nesse livro. Relendo o que escrevi na minha resenha anterior, estou feliz. EU ACREDITEI NA MUDANÇA!

Estou realmente feliz com esse novo enfoque, e aliviada em saber que há autores dispostos a transformar relações abusivas em funcionais.

A dúvida iniciada no final do volume anterior é solucionada já no primeiro capítulo, e para mim não foi imprevisível. Eu tinha dois palites sobre o que aconteceu, e meio que acertei, só não totalmente. Gosto de mistérios em que o leitor consegue acertar. Como eu disse que eram duas coisas, para fins de entendimento, vou contar de modo vago um deles, o que dará o seguimento na história: Broock chantageia Reed com algo em troca de ela voltar para aquela família e ele aceita a chantagem. Preciso dizer que não deu certo no final?

Começa então a busca por Elle, que demora alguns capítulos, e o abatimento de Reed e do resto de sua família. Nesse momento, eles mesmos sabem que ela não voltaria voluntariamente para lá, e é verdade. Elle é firme para aquilo que é importante para ela, e eles magoaram ela demais para voltar atrás. Por isso eu gosto dela. Só que ao chegar, ela vai tomar certas decisões e posições que ter de rever no fim, e que trarão consequências.

Certas partes da história são angustiantes de ler, como disse no começo. Creio que causadas por um não conhecer bem o outro o tomar decisões baseadas em ideias falsas. No fim terá uma conversa entre Elle e Callum que é exatamente isso. Simplificando, toda história seria menos angustiante que eles sentassem juntos e fossem honestos um com o outro.

Só que o que eu senti falta em Broken prince foi a noção de começo-meio-fim. Não posso falar que não tem, já que o drama apresentado no primeiro capítulo foi finalizado no último, só que não senti o desenrolar, foi tudo muito de repente. Foi um começo, começando o meio e então o fim.

Falando em fim, nesse livro não tem um cliffhanger como no primeiro. Tem dois, ao mesmo tempo. Ao menos esse imagino que vai ser o enredo do último livro.

2 modificações para a amazon

Padrão

Não, não fiz nenhuma mudança na história!

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer aqueles que avisaram a amazon pelos problemas de configuração n’A vilã da história. Foram falhas minhas que acabei de concertar.

  • O link para esse blog foi concertado
  • O índice está diferente ao do Smashword. Tive de fazer de um modo diferente para esse outro site, manualmente, e copiei o arquivo para a amazon. A configuração deveria ser outra, a criada automaticamente pelo word, a que usava antes.

Fora isso, fiz algumas modificações nas imagens e no finalzinho. E um dia aprendo a configuras direitinho as imagens 🙂 !